Quantas bolsas Selena Gomez venderá no Instagram?

Essa é uma pergunta clássica de quem pretende investir em Influencer Marketing. Quanto vou vender se investir R$ 25.000,00 em um influenciador?

A imagem de Selena Gomez usando uma bolsa da marca novaiorquina Coach está estampada nas principais revistas do mundo, em outdoors das principais avenidas e nas vitrines de todas as lojas da marca. Poderia ser uma top model européia, mas Selena é uma menina de 25 anos, 1,65m de altura e com uma carreira prematura na música, televisão e filmes.

A grande dúvida que fica é se a maior conta do Instagram, com 130 milhões de seguidores, é capaz de gerar receitas e dar resultados. Marcas como Adidas, Puma, Asos e Colcci estão aumentando seu investimento na estratégia de influencer marketing, mas será que a força da cantora americana é capaz de vender em larga escala bolsas luxo da marca Coach?

Investimento vs Retorno

Anunciantes em todo o mundo gastaram em torno de 1,5 bilhão de reais em influencers no ano de 2016 de acordo com a eMarketer, mas ainda que esteja crescendo é um valor irrisório se comparado à mídia digital.

A dificuldade para as marcas está na análise dos resultados. Com o advento das mídias digitais e métricas de controle em todas as ações digitais, o Influencer Marketing passa pela mesma situação que a televisão passou anos atrás: as mídias de massa são difíceis de mensurar. O modelo de atribuição em um mundo multicanal é complexo e a única métrica expressiva é o faturamento.

E se a coleção não for boa? E se o e-commerce não aguentar o tráfego? E se o preço não estiver adequado ao público?

Tráfego de referências, que inclui influenciadores, é a terceira melhor origem de tráfego de grandes lojas.

Se a negociação com o influenciador envolver a criação de uma linha exclusiva ou promover um produto específico, a análise de vendas é muito mais clara e fácil de mensurar.

Além das vendas

Por mais que o resultado de vendas seja a métrica mais desejada pelo investidores e donos de empresa, existem outros benefícios de criar parcerias com influenciadores.

Ações com influenciadores podem ocasionar buzz em torno da marca, aumentando a exposição e gerando mídia espontânea. Podem também apresentar o produto ou marca para novos consumidores, principalmente quando se deseja atingir os millenials.

No caso da parceria Selena Gomez x Coach, o objetivo da marca era recuperar a imagem e rejuvenescer seu posicionamento. O resultado na social media foi muito positivo e a empresa comunicou que a bolsa da foto principal da campanha esgotou completamente, mas ainda estão aguardando resultados de venda de produtos complementares, da linha especial e até mesmo no Natal.

Resultado do engajamento das postagens no Instagram da Coach quando Selena Gomez foi mencionada e quantidade de novos seguidores.

 

 

 

 

Gráficos: https://www.bloomberg.com

Érico Scorpioni

Érico Scorpioni

Érico Scorpioni é Diretor Executivo da CheckStore e entusiasta do e-commerce. Iniciou sua carreira no e-commerce como cliente, depois lojista e então fundou a CheckStore em 2015 com o objetivo de democratizar o e-commerce de alto nível, tendo como um dos principais desafios compartilhar conhecimento e experiências do dia a dia do comércio eletrônico aqui no Blog da CheckStore.