Warning: Creating default object from empty value in /home/customer/www/checkstore.com.br/public_html/wp-content/themes/salient/nectar/redux-framework/ReduxCore/inc/class.redux_filesystem.php on line 29
Quero vender R$ 500.000,00 por mês no meu e-commerce - CheckStore E-commerce

Quero vender R$ 500.000,00 por mês no meu e-commerce

Antes de começar, tenha em mente que o crescimento do seu e-commerce depende de um processo e não de uma ação específica (bala de prata), caso contrário todas as lojas virtuais estariam vendendo 500 mil por mês ou mais. São muitos fatores de influenciam neste resultado, como tamanho do mercado, concorrência, ticket médio, custo de aquisição, tendências de consumo, entre outras coisas.

Além disso, para escalar suas vendas é preciso encontrar seu product/market fit, também conhecido como ajuste do produto ao mercado. Trata-se do grau com que um produto satisfaz uma forte demanda de mercado. Ele é o primeiro passo para a criação de um empreendimento de sucesso, no qual a empresa atende aos primeiros usuários, obtém feedbacks e avalia o interesse em seus produtos.

Por fim, querer não é poder. Agir é a melhor solução, então vamos para a solução…

“Quanto vamos vender quando trabalharmos com vocês?”

Sem dados históricos consistentes, não é possível tomar decisões ou prever a performance de futuras ações. Um e-commerce sem uma estratégia clara não pode ir muito longe, pois se não organizarmos as ações digitais, nunca saberemos quais iniciativas estão gerando resultados. Por mais que tenhamos implementado um sistema avançado de analytics, com rastreadores e dashboards, sem entender quais foram as ações que geraram tais resultados, nunca será possível ampliar o que dá certo ou parar o que dá errado. Qualquer previsão sem dados históricos consistentes é um mero chute.

“Se eu investir 10mil, vou faturar quanto?”

  • Investir 10mil em awarness poderá não gerar vendas, mas pode retornar em lembrança de marca e vendas futuras.
  • Investir 10mil em tráfego de novos usuários pode trazer vendas, mas com um ROAS baixo e taxa de conversão também baixa por ser um público frio que não conhece sua loja ainda.
  • Investir 10mil em retornar os visitantes dos últimos 90 dias pode trazer um resultado um pouco melhor, mas se o público não for grande o suficiente poderá ter uma frequência muito alta e gastar seu dinheiro em quem não vai comprar.
  • Investir 10mil nos clientes que abandonaram o carrinho pode gerar muitas vendas, mas é um público muito restrito, impossível de ser ampliado.

Ou seja, se você investir 10mil, tente distribuir sua verba entre todas as etapas do funil. Analise o resultado das campanhas em cada etapa e ajuste os orçamentos conforme a performance. Saiba que um público pode se esgotar, então uma campanha que dá certo pode parar de dar resultados.

“Preciso vender 20mil por dia”

As vendas não acontecem magicamente. Acontecem por consequência de outras ações. Para vender 20mil por dia é preciso fazer mais e melhor do que quando se vendia 10mil por dia. Comece por investir em canais ainda não explorados.

“Estou começando e quero vender 500 mil por mês”

Após a correta implementação das tags de rastreamento e poderemos ativar as campanhas em Facebook Ads e Google Ads.

Marca consolidada sem e-commerce: caso sua marca já existem poderá focar primeiramente num público de envolvimento, que já conhece, ou que já demonstrou interesse. Seu público de envolvimento é a segmentação ideal para começar a anunciar.

Marca começando: agora se sua marca ainda não existe, será preciso investir na construção de uma audiência que tenha interesse no seu produto e isso poderá necessitar um investimento em reconhecimento de marca antes de gerar as primeiras conversões.

E-commerce sem marketing: Caso você já tenha uma loja virtual e ainda não tenha implementado as tags de rastreamento, como os públicos criados pelo rastreamento feito pelo Pixel do Facebook serão criados do zero, todo mundo será tratado como cliente novo, portanto vamos acabar anunciando para clientes envolvidos. Isso pode gerar uma confusão nos números.

Após 6 meses teremos rastreado muitos usuários nas redes de anúncio do Google e do Facebook para, por exemplo, formar públicos semelhantes, mas também listas de exclusão para gerar mais resultado com o mesmo investimento.

Conheça o Framework de Gestão de E-commerce

A CheckStore desenvolveu ao longo dos últimos anos uma metodologia para gestão de e-commerce dos seus diversos clientes. Uma forma de organizar as iniciativas para maximizar os resultados, compartilhar a estratégia internamente e com fornecedores externos (agências ou consultores). Conheça nosso framework, é um processo simples que permite colocar toda a equipe, direção e fornecedores alinhados pelo mesmo objetivo: vender mais e melhor.

Gestão de E-commerce: como gerenciar sua loja virtual para vender mais e melhor (1 de 6)

Érico Scorpioni

Érico Scorpioni

Érico Scorpioni é Diretor Executivo da CheckStore e entusiasta do e-commerce. Iniciou sua carreira no e-commerce como cliente, depois lojista e então fundou a CheckStore em 2015 com o objetivo de democratizar o e-commerce de alto nível, tendo como um dos principais desafios compartilhar conhecimento e experiências do dia a dia do comércio eletrônico aqui no Blog da CheckStore.