Pop-ups Estratégicos

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Tempo de leitura: 4 minutos

O que são? 

São as janelas que se abrem nas páginas de navegação. Elas têm vários formatos e tem várias opções de configuração. Foram criados como uma alternativa aos banners. Em vez de anúncios inseridos em excesso e de forma não harmônica, os pop ups seriam uma forma de anunciar produtos, mas de forma mais pontual e organizada.

Lembre-se sempre: esse recurso deve ser orientado pela experiência do usuário. Quando empregado da forma correta, o objetivo é facilitar o acesso às informações do interesse dele.

Como usar pop ups na minha estratégia de marketing?

No marketing, recorrem a esse recurso para promover os conteúdos, gerar inscrições no blog, aumentar a lista de emails, encaminhar usuários para landing pages, fazer ofertas, enfim, a lista é grande. Mas, na maioria das vezes, o objetivo é um só: gerar e nutrir leads.

Algumas questões que devem ser consideradas no desenvolvimento das estratégias:

Atenção ao contexto

Não faz muito sentido que as empresas vejam como antagônicas as possibilidades no marketing on e off-line. O ideal é sempre pensar na integração das estratégias, até porque o consumidor é um só.

Há de se reconhecer que uma das principais vantagens do marketing digital são as possibilidades de personalização.

Temos nessa área condições técnicas de monitorar de perto as reações do público e, a partir daí, entender melhor o seu comportamento de navegação pelos nossos canais.

Esse conhecimento deve ser levado em conta no desenvolvimento de todas as estratégias e, no caso dos pop ups, entender o comportamento do público é a chave que vai determinar o sucesso ou o fracasso no uso desse recurso.

Quanto mais contextualizada a inserção, maiores as chances de conversão. Além disso, fique atento: a entrega de uma informação que não interessa o usuário vai ser vista como intrusiva, prejudicando a navegação e, claro, a relação estabelecida com a sua empresa.

Seja relevante

Contextualizar o pop up, escolhendo o momento ideal para a oferta, depende muito da sua competência para entender o que é mais relevante para aquele usuário.

Este talvez seja um dos termos mais usados no Marketing de Conteúdo, mas nem sempre é simples detectar o que faz a diferença na experiência do cliente ou potencial cliente.

Use os recursos disponíveis

Assim como acontece com o email marketing, o uso dos pop ups deve ser feito de forma estratégica. Na prática, isso significa que precisamos estudar bem o emprego, realizar testes e, principalmente, acompanhar de perto os resultados obtidos.

Estamos falando de recursos que geram muito resultado, mas também podem depor contra a imagem da empresa. É o que acontece quando caímos numa lista de spam ou levamos o usuário a bloquear os pop ups da nossa página.

Pense nisso: se o usuário apelou para esse tipo de ação, não é porque ele é chato, e sim porque considerou a sua abordagem inconveniente.

Para não errar na estratégia, procure diversificar o uso do pop up, experimentando as diversas possibilidades. Nas ferramentas próprias para a criação desses recursos, é possível escolher onde as janelas vão aparecer e também em que momento.

Nesse caso, você precisa configurar quais serão os gatilhos usados para o disparo. Os mais usados:

Scroll: nesse caso, o pop up vai aparecer depois de determinado tempo de navegação. Assim, o mais importante é detectar que tipo de oferta você pode fazer quando ele chegar em determinado trecho do seu conteúdo.

Timed: ao usar esse tipo de janela você precisa se orientar pelo contexto. A mensagem vai surgir quando o usuário visitar determinada página ou depois de tanto tempo de navegação.

Exit Intent: considerada uma opção mais “inteligente”, esse gatilho é acionado quando o usuário prepara-se para deixar a página. Funciona bem porque não interfere na experiência de navegação.

Click: também planejado para atender à experiência do usuário, esse tipo de pop up aparece mediante uma ação do usuário. Por exemplo, quando ela clica em determinada área do seu canal.

Como gerar leads com o pop up?

Para ficar mais claro, vamos pensar em algumas aplicações:

no blog corporativo, o uso do scroll é importante, uma vez que você pode aproveitar o interesse do usuário no seu conteúdo para apresentar-lhe o convite de assinatura da newsletter. Nesse caso, além de apostar em formulários no blog, faz muito sentido ter uma chamada direcionada.

em posts longos também, invista em pop ups que aparecem depois de certo tempo de leitura. É possível fazer ofertas interessantes e valiosas, como ebooks, webinars ou free trial.

outra opção bem interessante, pensando numa estratégia de nutrição de leads, é aproveitar a consulta de determinado conteúdo do seu site para fazer uma oferta de produto ou serviço. O principal aqui é configurar bem o gatilho, baseando-se numa ação de clique do usuário.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba nossos conteúdos sobre e-commerce.

Ao clicar em INSCREVER-SE você concorda com nossa Política de Privacidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, vamos supor que você está de acordo com isso. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.